JN Imóveis

Nos últimos tempos, a portabilidade de financiamento imobiliário surge como uma estratégia assertiva para obter condições mais vantajosas para pagar o seu imóvel.

Continue lendo este artigo e entenda como funciona o processo de portabilidade, seus benefícios e passo a passo para a sua solicitação.

Entendendo o que é portabilidade de financiamento imobiliário

A portabilidade de financiamento imobiliário é uma modalidade de operação em que um tomador de empréstimo pode transferir a sua dívida de um banco para outro. De fato, o objetivo dessa transferência é conseguir taxas de juros mais baixas.

O Banco Central promoveu a regulamentação desse mecanismo com o intuito de fomentar a competitividade entre as instituições financeiras e proporcionar melhores condições ao consumidor. Assim, este tipo de portabilidade oferece inúmeros benefícios, tais como:

  • Transferir o financiamento para uma instituição com taxas de juros menores implica em obter uma economia significativa no total pago ao longo do tempo;
  • Melhores condições de prazos e sistema de amortização, tornando o financiamento mais adequado à situação financeira do tomador;
  • Possibilidade de reduzir o valor das parcelas do financiamento com as quedas de juros, além de melhorar as condições para pagamento do crédito imobiliário.

Além disso, é importante analisar os custos de transferência. Uma vez que mesmo tendo uma taxa de juros menor, é importante avaliar os custos associados à transferência, como avaliação de imóvel e tarifas administrativas.

Como realizar a portabilidade?

Para realizar o processo de portabilidade do financiamento imobiliário é necessário seguir alguns procedimentos, que podem ser resumidos no seguinte passo a passo:

1.º – Obter uma cópia do contrato financiamento imobiliário, com o saldo devedor atualizado e a data de vencimento da última operação;

2.º – Simular a portabilidade em algumas instituições financeiras para comparar as condições em cada uma delas;

3.º – Fazer a solicitação da portabilidade na instituição que ofereceu as melhores condições para atender às suas necessidades;

4.º – Acompanhar o processo em que a instituição escolhida faz a solicitação da portabilidade junto a Câmara Interbancária de Pagamentos (CIP);

5.º – A instituição que detém o contrato tem até 5 dias para entrar em contato com o cliente e oferecer uma renegociação vantajosa, que se aceita encerra o processo de portabilidade;

6.º – Se o cliente decide continuar o processo, a instituição escolhida quita os débitos do cliente com a instituição original por meio de uma Transferência Eletrônica Disponível;

7.° – Finalizando a operação de portabilidade, a instituição original tem dois dias para enviar a documentação para a nova instituição atestando que a portabilidade foi concluída.

Conclusão

A portabilidade de financiamento imobiliário é uma excelente ferramenta para quem busca melhorar as condições do seu financiamento. Isso porque ao trocar a instituição financeira, obtém melhores condições com menos custos envolvidos.

Se quiser mais informações sobre este assunto e outros relacionados com compra e venda de imóveis, basta clicar aqui.

JN Imóveis

Na vanguarda do mercado imobiliário, a JN Imóveis, possui uma equipe especializada em vendas e imóveis de alto padrão. Com uma abordagem consultiva, nossa imobiliária visa proporcionar soluções financeiras e investimentos imobiliários precisos. Conte conosco para transformar seus imóveis em investimentos rentáveis tendo expertise e excelência em cada transação.