Blog

As principais taxas e impostos para comprar um imóvel em Três Lagoas

Conheça os gastos extras envolvidos na compra de um imóvel e se programe financeiramente

Ao comprar um imóvel, você precisa arcar com despesas que vão muito além do custo da sua nova casa ou apartamento. Para que o sonho não se torne pesadelo, é preciso inserir na conta impostos como o Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis Inter-vivos (ITBI), os gastos com cartório e os relacionados à contratação do financiamento que, somados, podem aumentar em 5% o valor do imóvel.

Para te ajudar a não ter surpresas com valores extras, listamos para você as principais taxas e impostos para comprar um imóvel em Três Lagoas:

Registro e escritura

A escritura é essencial para dar validade jurídica à cessão de bens de imóveis. Nela, há informações sobre a propriedade e as partes envolvidas no negócio. O preço da escritura é tabelado por lei em todos os cartórios do Mato Grosso do Sul e varia de acordo com o valor do imóvel. Para um imóvel de R$ 300 mil, por exemplo, o valor é de R$ 6.030.

Após fazer a escritura, é necessário registrá-la no Cartório de Registro de Imóveis para comprovar legalmente quem é o dono do imóvel. O valor do documento varia de acordo com cada Estado e o preço do imóvel. Em média, é cobrado 1% do valor da casa ou apartamento.

Observação: para as compras financiadas não há custo com a escritura, pois o contrato de financiamento com o banco substitui o documento. Além disso, na compra do primeiro imóvel pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), o comprador tem 50% de desconto para o primeiro registro – desconto determinado pela Lei Federal nº 6.015/73.

ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis por Ato Oneroso Inter Vivos)

O valor do ITBI em Três Lagoas corresponde a 2% do preço total do bem. O imposto pode ser dividido em seis vezes em parcelas mensais e sucessivas – a primeira delas sendo paga no ato de solicitação do benefício (exceto em casos de documentos emitidos pelo Poder Judiciário, onde haverá dez dias úteis de prazo para pedir a divisão do valor). Apenas imóveis sem débitos com o município têm direito ao parcelamento.

Taxas bancárias

A abertura do contrato de financiamento envolve outros custos que vão além dos juros do crédito contratado. Na Caixa Econômica Federal, eles englobam:

  • Taxa de cadastro de R$ 30 por titular;
  • Taxa de administração mensal do financiamento de R$25;
  • Seguro de morte e invalidez permanente, aplicado sobre o valor do financiamento, que parte de 0,000149% a.m;
  • Seguro de danos físicos do imóvel, aplicado sobre o valor do financiamento, partindo de 0,000065% a.m;
  • Taxa de avaliação do imóvel recebido em garantia em financiamento com recursos do FGTS: 1,5% sobre o valor do financiamento;
  • Taxa de avaliação do imóvel recebido em garantia em financiamento contratado com recursos da poupança (SBPE): valor fixo de R$ 2,2 mil.

CLIQUE AQUI e encontre no site da JN Imóveis o melhor imóvel em Três Lagoas para você.